segunda-feira, 20 de setembro de 2010

O que importa

Que se dane o namorado maravilhoso dela
Alias que se danem todas as pessoas maravilhosas e felizes
que tem respostinhas perfeitas e ilusórias
Que se dane essas porras todas
pois eu queria todas elas e não tenho
Que se dane também esse desejo egoista
Que se dane o proprio egoísmo
Só há eu
só o eu deve importar
O resto é efemero diante do eu
Mesmo na duvida resta o eu
Mesmo no movimento o eu permanece
pela identidade inevitavel
Uma prisão
Uma condição a que estamos condenados
Não podemos deixar de ser
De escolher
Então é a unica coisa que sobra
A prisão de si à si
Então porque o resto deveria importar?
Por que valores de outros deveriam valer pra você?
Se eles não podem ser certezas universais
Então continua, cara
Não só porque é o melhor que você pode fazer
Mas porque você não tem opção
Só você pode se mover
só não pode deixar de ser
A única coisa que importa