sábado, 5 de março de 2011

Carnaval

Ei ei ei!
Sabe o que vem lá pela curva?
Eis o andarilho arlequim
O bobo da corte que não resvala por tristes doces ou piadas alegres de reis enfadonhos
É ele que faz rir ou chorar
Que mente desmente
e se mantem necessário
por sua inutilidade
De cidade em cidade
segue semeando um nada
que todos gostamos
Ainda que ele durma triste
são felizes aqueles que o usam
e desesperados aqueles que o ouvem à sério