quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

Azuis


(para minha nova agenda)

À espera no local deliberado,
ansioso observo o velho, a jovem, a solitária multidão
Espera e ansiedade inventados como tempero
Só mentiras criativas por aqui !
Presságio que das realidades açucaradas dessa agenda
farei sorrisos diabéticos
Das sombras, nem sozinhas nem multidões
Verdades meramente ilustrativas !
Do nada agora colorido