sábado, 4 de agosto de 2012

MI, FÁ, SOL, SI, DÓ E MI




Minha face solve sinuantes dores miasmáticas
Quando sinto a brisa ficou tonteante
O espetáculo ascendeu com todo brilho
Como o sol ardente tocando a pele
Quem diria luz mortal?
Tão linda quanto perigosa
Tão significativa quanto silenciosa
Luz que clarea o coração
Que se esvai com vida. minha vida
e acaba coma escuridão
"Doutor, perdemos os sinais vitais do paciente!"
Mas não se perdará seus sentimentos



Evelin Castro E André Peixoto