sábado, 3 de maio de 2014

O Cello e o Pássaro

Me impressionou muito!
Escutando as cordas tocadas
impossível deitar e não pensar em
passear por tuas liras
Num tempo fora do compasso
me arrebata de maneira louca expressiva
Na leitura encontro você ao meu lado
um sorriso desconhecido de calores idealizados
Melancolia toma por completo
pensando nas tristezas dos silêncios passados
Ter o coração tocado a cada letra
foi como senti
Será mais esta como tantas músicas?
Esquecer da harmonia é fácil
Mas eis meus ouvidos, meio surdos
às ilusões que dedilho
Me enganarei esta e muitas outras vezes
Ainda que tenha mesmo muito brilho
e me cega de desejo por seus carinhos
Não sei de mim nem do mundo
Não sei do que ouço...
A não ser meu coração que está batendo rápido